Sem o técnico Givanildo, América se reapresenta no CT Lanna Drumond

Pouco mais de um mês após conquistar o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, o América deu início nesta terça, no CT Lanna Drumond, a sua preparação para mais uma temporada. Sem a presença do técnico Givanildo Oliveira, que foi liberado para resolver problemas particulares, a volta dos atletas às atividades foi marcada pela presença de oito dos dez reforços contratados pelo clube para 2016.

As novidades foram os zagueiros Adalbero e Suéliton, os meio-campistas Rafael Bastos e Osman, o lateral-direito Jonas e os volantes Pablo, Claudinei e Ernandes. O zagueiro Artur ainda depende de um documento para ser apresentado, enquanto que o atacante Maranhão só deve se apresentar ao Coelho no dia 7, quando encerra seu contrato com o Fortaleza.

A assessoria de imprensa do América informou que a apresentação dos novos reforços deve acontecer a partir de hoje e de forma alternada. O retornodos jogadores também foi marcado por uma reunião com integrantes da diretoria, que vieram trazer o seu apoio ao elenco para as disputas na temporada.

Euller Araújo, que está deixando o Conselho de Administração do clube por ser funcionário da Caixa Econômica Federal, provável novo patrocinador master do América, e Anderson Racilan falaram com os jogadores por cerca de 20 minutos. Logo depois, os atletas deram início aos exames médicos e os testes físicos.

“Demos as boas vindas aos que estão chegando e desejamos um bom retorno para os remanescentes. Conversamos e parabenizamos os jogadores pelo que eles fizeram na temporada passada e falamos sobre as nossas expectativas para 2016″, afirmou Anderson Racilan. O dirigente lembrou o ano importante para o América e destacou a confiança em bons resultados.

“Vamos entrar em todos competições não só para disputar. Nossa intenção é a de brigar pelo título do Campeonato Mineiro e da Sul-Minas-Rio. No Campeonato Brasilero, o nosso objetivo é o de ficar, pelo menos, entre os dez primeiros colocados. Esperamos ainda conquistar uma vaga em uma competição internacional. Se não for a Libertadores, esperamos que seja a Sul-Americana”, ressaltou Anderson Racilan.

Reformulação. Do elenco que no ano passado conquistou o acesso à Série A, o América não conta mais com os zagueiros Wesley Matos e Anderson Conceição e o meia Mancini, que não chegaram a um acordo para a renovação de seus contratos, o meia-atacante Marcelo Toscano, que se transferiu para o Jeju United, da Coreia do Sul, e o atacante Richarlison, negociado com o Fluminense, e o atacante Cristiano.

Seja o primeiro a comentar na pagina"Sem o técnico Givanildo, América se reapresenta no CT Lanna Drumond"

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado .

*