Moradores de Betim impedem a saída de ônibus em protesto por melhorias

18

Moradores do bairro Vila Verde, na região do PTB, em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, fizeram uma manifestação na manhã desta terça-feira (3) e impediram a circulação das linhas de ônibus que saem do bairro. O ato, pacífico, teve início às 5h, e foi acompanhado pela Polícia Militar.

De acordo com o presidente da associação do bairro, Marco Antônio Alves, os manifestantes pedem melhoria no quadro de horários e no estado de conservação dos veículos, além da criação de uma linha que atenda, exclusivamente, os bairros Campos Elíseos, Guanabara e Paulo Camilo. “Hoje, nós somos atendidos pelas linhas 3180, 3185, 3200 e 261, que não conseguem suprir a demanda da população. Às vezes, ficamos de duas a três horas no ponto de ônibus e não conseguimos um transporte para chegar ao nosso destino. Não podemos esquecer também que a qualidade é péssima”, disse.

Ainda segundo o presidente, na última semana, durante uma reunião realizada com representantes da empresa Santa Edwiges, responsável pelo transporte público na cidade, ficou acertado que os ônibus passariam a circular em novo horário, mas o acordo não foi cumprido. “Eles nos repassaram quadros de horários antigos, e nos fez ficar como mentirosos diante das pessoas que representamos”, explicou.

Já para Lucília Carvalho, auxiliar de serviços gerais, a paralisação vai fazer com que ela perca um dia de trabalho. “Saí de casa às 5h e não consegui pegar um ônibus para trabalhar. Nós, moradores, queremos apenas que a qualidade melhore para que todas as pessoas que dependem do transporte público possam sair para seus destinos de forma confortável e segura, além de garantir a certeza de que chegaremos no horário certo”, afirmou.

Até o momento, nenhum representante da empresa Santa Edwiges foi encontrado para falar sobre manifestação.

O DER-MG informou que técnicos da Setop e Fiscais do DER/MG vão verificar, nos próximos dias, as condições de atendimento das linhas à comunidade.

Posicionamento da prefeitura

“A Prefeitura de Betim, por meio da Transbetim, informa que parte das reivindicações está relacionada às linhas intermunicipais (3180, 3185 e 3200) e que, neste caso, ambas são gerenciadas pelo DER.

Já em relação à linha 261 (Taquaril/ Cruzeiro), que faz parte do transporte público municipal, a Transbetim, buscando solucionar o problema e melhorar o atendimento à população, acordou com a comunidade que, a partir da próxima segunda-feira (9), a linha 61 ( Nossa Senhora de Fátima / Cruzeiro) passará a reforçar o atendimento no bairro Vila Verde, oferecendo mais 85 viagens no quadro de horário em dias úteis, 55 viagens no sábado e 30 no quadro de domingo.”

 

Seja o primeiro a comentar na pagina"Moradores de Betim impedem a saída de ônibus em protesto por melhorias"

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado .

*