BH tem dia mais frio do ano, com 5,7° C; no interior, termômetros despencaram

Twitter/Clima vivo/Defesa Civil BH/ Reprodução Twitter/Clima vivo/Defesa Civil BH/ Reprodução

Minas Gerais amanheceu gelada neste domingo (7) – Belo Horizonte teve o dia mais frio do ano, com os termômetros marcando 5,7° C na estação Cercadinho, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A estação Pampulha registrou 7,3° C às 7h deste domingo.

No interior, o frio também chegou com tudo. No Sul de Minas, São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas, teve 0,5° C negativo, e Maria da Fé, na mesma região, com 2° C negativos. Monte Verde, famoso destino turístico por por seu clima frio e ar europeu, teve 2,1° C negativos na madrugada, marcando seu dia mais frio do ano.

Na capital, o dia mais frio antes registrado foi 5 de junho, quando os termômetros marcaram 9,1°C. A previsão para este domingo na capital é de seu límpido, pouca nebulosidade e máxima de 20° C. Segundo o meteorologista do Inmet, Cléber Souza, teremos uns cinco dias de frio intenso em Belo Horizonte.

Essa queda na temperatura já era esperada pelos meteorologistas. Segundo eles, devido a uma massa polar que estava no Sul do país e chegou a Minas.

Na sexta-feira já havia alerta da Defesa Civil sobre a queda nos termômetros, com previsão de baixas temperaturas até quarta-feira (10). Há expectativa de que a madrugada desta segunda-feira seja ainda mais gelada, portanto, separe os cobertores e casacos.

Tempo seco? Cuide de sua saúde

A recomendação da Defesa Civil é, se for fazer prática de esportes, usar um agasalho; hidratar-se muito bem, já que o inverno é a época mais seca do ano; manter janelas abertas e ar circulando em locais com grande aglomeração de pessoas para evitar o contágio de gripes e outras viroses.

Em recente entrevista ao BHAZ, o médico Rodrigo Luís Barbosa Lima, presidente da Sociedade Mineira de Pneumologia, recomendou cuidado dobrado com as vias aéreas e o agravamento de casos de asma, rinites, sinusites etc.

“Esse ressecamento dificulta a troca gasosa do organismo; as pessoas ficam mais aglomeradas, o que facilita a disseminação de infecções virais. Com a baixa umidade, o ar fica mais ‘sujo’, com alta concentração de gás carbônico e fuligem no ar, acentuando os problemas respiratórios”, disse.

As recomendações do pneumologista são evitar locais com grande número de pessoas tossindo e espirrando e cuidados básicos, como lavar com mais frequência as mãos com água e sabão e/ou álcool gel.

Para tratar a secura da mucosa respiratória, o médico sugere o uso de umidificador de ar e soro fisiológico. “Quem estiver com uma sensação de muita secura no nariz e garganta, deve usar um umidificador de ar no quarto, à noite. Nos casos de resfriados e nariz obstruído, lave as narinas com o soro fisiológico, que é bom para retirar resíduos”, ensinou.

Fonte Bhaz

Seja o primeiro a comentar na pagina"BH tem dia mais frio do ano, com 5,7° C; no interior, termômetros despencaram"

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado .

*