Mulher paga R$ 50 para amante matar marido e sai para tomar cerveja na hora do crime

Endereço onde ocorreu o crime (Reprodução/StreetView) Endereço onde ocorreu o crime (Reprodução/StreetView)

Uma mulher de 37 anos e um jovem de 18 são apontados como responsáveis pela morte de um homem de 32 anos em um caso brutal ocorrido no bairro Mineirão, na região do Barreiro, na terça-feira (2). A mulher, que era companheira do homem assassinado, é apontada como a mandante do crime. Ela teria saído para fazer compras e tomar cerveja em um bar enquanto o marido era assassinado em casa.

Segundo a Polícia Militar, ela convenceu o jovem de 18 anos, seu amante, a cometer o crime. Em troca, ela pagou a ele o valor de R$ 50 e um aparelho celular ao criminoso.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, os militares foram acionados na residência, na rua Professor João Moreira, por volta das 16h. Ao chegar no local, os policiais encontraram o homem morto com pés e mãos amarradas e duas perfurações de faca.

A mulher estava no local, mas não esboçou reações, fato que levantou a suspeita dos militares. Em sua versão, a mulher contou que, durante a manhã, ela se sentiu mal e ligou para o marido pedindo que ele voltasse para casa para cuidar dela. Segundo a ocorrência, a mulher sofreu um aborto recentemente.

O marido chegou em casa por volta das 10h, quando ela saiu para comprar um guarda-roupas. Entretanto, quando ela voltou para casa, às 15h, já se deparou com o companheiro morto.

Contudo, na delegacia, a mulher mudou a versão da história e disse que, por volta das 10h, ela estava em casa com o marido quando o jovem de 18 anos entrou na residência armado de uma faca. Diante disso, ela teria saído correndo e largou o homem para trás. Ao retornar, ela se deparou com o marido assassinado.

Entretanto, as duas versões foram desmentidas quando o jovem de 18 anos foi localizado pelos policiais. Ele confessou que espancou e esfaqueou a vítima a pedido da mulher, que alegou que apanhava do marido. O autor contou com a ajuda de três comparas que, segundo ele, teria os conhecido na Praça Sete, no Centro de BH. Entretanto, ele não soube dar informações dos envolvidos.

Compras

O crime teria ocorrido na manhã de ontem, já que uma testemunha disse que o autor de 18 anos saiu de casa às 6h e retornou às 11h, com ferimentos e sujo de sangue. Ele também trazia um celular.

Neste mesmo horário, a mulher realizava compras pela região. Uma testemunha contou que, por volta das 11h, ela esteve em seu estabelecimento e pediu para guardar o carro da vítima na garagem de sua residência. Após estacionar o veículo, ela comprou duas latas de cerveja. Mais tarde, por volta das 14h, ela foi até uma mobiliária e realizou mais compras.

Os dois foram presos e levados para uma delegacia da Polícia Civil, que deve investigar o caso.

Fonte Bhaz

Seja o primeiro a comentar na pagina"Mulher paga R$ 50 para amante matar marido e sai para tomar cerveja na hora do crime"

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado .

*