Mais três mortes por febre amarela são registradas em Minas

03

Mais três mortes por febre amarela foram confirmadas em Minas Gerais, segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado nesta quarta-feira (10). As mortes foram registradas em Nova Lima, na região metropolitana, Barra Longa e Mar de Espanha, ambas na Zona da Mata.

As cidades de Carmo da Mata, no Centro-Oeste de Minas, e Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte também registraram mortes, totalizando seis óbitos por causa da doença em Minas. Há ainda outros dez casos da doença em investigação.

Outras três mortes já tinham sido registradas 

Em Carmo da Mata, a vítima foi Fabiano Corrêa, de 38 anos, que morava na área urbana do município. Em Nova Lima, a vítima foi um pintor de 46 anos, residente em São Paulo, que estava na cidade mineira para passar as festas de fim de ano com a família.

Neste ano, o primeiro óbito provocado pela doença no Estado foi confirmado na última sexta-feira em Brumadinho, na região metropolitana. A cidade tem também outra pessoa internada com sintomas da doença.

 

Seja o primeiro a comentar na pagina"Mais três mortes por febre amarela são registradas em Minas"

Deixe sua mensagem

Seu endereço de email não será publicado .

*